Hoje eu acordei com vontade de…

Hoje eu acordei com vontade de fazer muitas coisas. Acordei com vontade de dizer bom-dia a todos aqueles que eu encontrasse pelo caminho, sem me importar se era ou não meu conhecido. Não me importará se terei ou não resposta: o meu bom-dia é que importava.

Hoje eu acordei com vontade de sorrir para alguém de quem nunca gostei, mas um sorriso sincero, daqueles que refletem o desejo de esquecer tudo o que houve de mal entendido e recomeçar carinhosamente uma antiga amizade.

Hoje eu acordei com vontade de me deixar levar pelo constante pedido e oferecer não dinheiro, mas um café com pão e manteiga àquele pobre infeliz que sempre me estendeu a mão e eu nunca correspondi. Quero ver o seu rostinho alegre, alimentando-se e seguindo a vida. Se ele me agradecer, ótimo; caso contrário, não importa, pois meu coração estará em paz.

Hoje acordei com vontade de bater à porta de meu vizinho, com que tive, há algum tempo, um atrito qualquer e estender-lhe a mão num aperto sincero de quem já não se lembra mais do que aconteceu. Ele, de repente, pode não aceitar, porém não ficarei triste, pois fiz o que era, para mim, importante fazer.

Hoje acordei com vontade de não ter pressa: acordar com calma; tomar meu café com tranquilidade; sair com o carro em direção ao trabalho; não atravessar sinal vermelho nem me irritar com o outro motorista que, eventualmente, cometera uma grande “barbeiragem”.

Hoje eu acordei com vontade de visitar um asilo de velhinhos e oferecer-lhes meu afago. Mostrar a eles o quanto são amados, e dizer que nunca se sintam sozinhos. Afinal, são nossos irmãos e a eles devemos respeito.

Hoje eu acordei com vontade de ficar na fila regular do banco sem utilizar minha prerrogativa de beneficiar-me pelo fato de ser idoso. Afinal, eu estou bem de saúde, não preciso dessa regalia. Além de tudo, é uma maneira de dizer a mim mesmo e a todos (por que não) que sou como todos.

Hoje acordei com vontade de não criticar a enorme espera no supermercado. Afinal, meu carrinho leva o alimento que sustentará minha família e eu tenho condições de pagar. Imagino quantos não podem fazê-lo e sofrem pela falta de alimento.

Hoje eu acordei com vontade de me dar o direito de sentar-me a um banco de jardim e observar toda a beleza que ele tem: ouvir o canto dos pássaros, admirar as crianças brincando, ver as babás caminhando com os bebês. Admirar, enfim, esse pequeno mundo colorido que fez parte de minha vida quando criança.

Hoje acordei com vontade de abraçar toda a minha família para comemorar nada, em um dia de nada. E, se alguém me perguntasse “O que houve?      , eu diria: por um único motivo: porque não há dia para amar, não há dia para abraçar; não há dia para ser feliz.

Hoje eu acordei com vontade de olhar o Sol e admirá-lo em toda sua plenitude, respeitando sua grandeza e aquecer-me com seu calor. Olhar o Sol como meu amigo, como meu companheiro que a tudo assiste e tudo sabe.

Acho que hoje, enfim, acordei com vontade de ser gente, mas gente de verdade. Gente que, tenho certeza, foi o grande objetivo de Deus para mim; gente que ama; gente que chora; gente que ri; gente, portanto, que vive intensamente a vida. Tenho certeza de que, se conseguir, ao final do dia, quando a noite chegar, dormirei o sono mais gostoso de toda a minha vida. E você? Já tentou, algum dia, ser gente de verdade? Quem sabe chegou a hora!? Vamos tentar? (Ary Silva) 

About these ads
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Hoje eu acordei com vontade de…

  1. zami disse:

    Prof.Ary Silva. Parabéns pelo belo texto.
    Pude perceber que ao acordar bateu-lhes um enorme desejo de praticar várias coisas; porém, também percebi, e peço desculpas pela minha ousadia, que apesar de aparentemente estar ausente uma citação de agradecimento ao Deus Criador de todas as coisas, o seu coração estava repleto de agradecimentos, pelo maravilhoso dia um “presente” para mim, para ti…para todos.
    Vamos levar este sentimento maravilhoso contagiando as pessoas em todos os lugares onde estivermos. Bom dia pra Você.

    • arysilva disse:

      Querido amigo! Só não coloquei esse agradecimento, pois entendo que todos nós, de uma maneira ou outra, somos gratos a Deus. Se você perceber, citei apenas coisas, atos que normalmente não somos capazes de praticar: dar bom-dia, perdoar pessoas, ultrapassar sinal vermelho e outras coisas. De qualquer modo, obrigado pelo depoimento. Escreva sempre que tiver motivo. Um forte abraço!

  2. Mônica Kaline disse:

    Sempre viajo com seus belos textos. Parabéns mais uma vez!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s